Como aumentar a memória com atitudes simples



As falhas de memória acontecem no dia a dia de muitas pessoas, como uma pequena situação desagradável, ou causando um certo desconforto. Então, surgem muitas ideias de exercícios que podem ajudar, como por exemplo o jogo de palavras cruzadas. Mas será que estes recursos podem mesmo ajudar a aumentar a memória, ou são apenas mitos, sem comprovação por estudos científicos?

Para entender um pouco melhor esse assunto, primeiro vamos conhecer como o nosso cérebro trabalha com as informações que ele recebe todos os dias. E então, estaremos prontos para aprender como aumentar a memória.

Memória não é uma região específica de nosso cérebro, e sim uma combinação de atividades que tornam a mente humana capaz de conhecer, armazenar e recuperar informações: quando temos contato com uma nova informação algumas regiões do nosso cérebro iniciam um processo para arquivá-la naquele momento e recuperá-la quando necessário. Se esse processo não ocorrer adequadamente, acontece o que chamamos de esquecimento.

É por este motivo que precisamos cuidar para que todas as informações que consideramos importantes sejam “arquivadas em nossa mente” de uma forma que fiquem disponíveis para serem lembradas facilmente.


Como o nosso cérebro grava as lembranças na memoria

Nossas células nervosas são chamadas de neurônios. Em nosso cérebro, elas se comunicam com outras células nervosas através de ligações que chamamos de sinapse. É através das sinapses que são enviados sinais elétricos ou químicos, de neurônio a neurônio. Para ser mais fácil de entender, pense naquela brincadeira de telefone sem fio: Estes sinais são uma espécie de mensagem, que um neurônio transmite a outro e é este contato entre neurônios que “grava” a informação na nossa memória.


memória, potencial de ação
fonte

Na imagem ao lado você pode ver como é a nossa célula nervosa (neurônio), e como acontece uma sinapse. Veja que a sinapse é o contato entre dois neurônios, e nesta figura está circulada para percebermos melhor. Esses pontinhos vermelhos são os sinais elétricos ou químicos que são transmitidos de um neurônio a outro. Se você quiser aprofundar esse assunto, consulte a apostila onde essa imagem foi encontrada. Com o título Equilíbrio Iônico e Potencial de Ação, ela aborda vários conceitos sobre a transmissão de sinais entre os neurônios

Mas, quando nascemos, o nosso cérebro não está com todas as ligações que teremos por toda a vida. Cada vez que aprendemos uma nova informação, é criada uma nova ligação entre dois neurônios. Se essa informação for utilizada novamente, a ligação entre esses dois neurônios é reforçada e isso acontece cada vez que utilizarmos essa informação. Se deixarmos de utilizar essa informação, a ligação entre os neurônios vai ficando cada vez mais fraca, conforme vai passando o tempo.

Esta capacidade do nosso cérebro se chama Plasticidade, e depois de entender esse assunto, fica mais fácil entender porque nos lembramos com mais facilidade das informações que estamos em contato o tempo todo e porque precisamos revisar informações recentes algumas vezes até conseguirmos lembrar com mais facilidade.


Então, para manter nossa memória ativa, basta aprender coisas novas?

Não é só isso. Para que novas memórias sejam criadas em nossa mente, o nosso corpo também precisa de proteína: o material básico que ele utiliza para regenerar as suas células e que vai utilizar para criar as novas ligações entre as células nervosas. Além disso, vai precisar também de glicose, presente nos carboidratos, que vai fornecer a energia necessária para esse processo.


Por que jogos ajudam a aumentar a memória?

Qualquer atividade que estimule os seus pensamentos pode aumentar a sua capacidade de memória. É importante que as atividades escolhidas sejam de seu interesse, o que fará com que você tenha vontade de fazer e melhor concentração. Normalmente, nossas atividades favoritas são as que melhor conhecemos ou temos mais competência, mas é importante lembrar que cada nova informação que aprendermos criará uma nova ligação entre neurônios, tornando nossa atividade cerebral mais intensa e nossa vida mais interessante...


Como aumentar a memória com exercícios simples e rápidos

Ativar a nossa mente é algo que precisa ser feito diariamente, portanto, quem tem uma vida muito corrida e acredita que não consegue parar uns minutinhos para se dedicar à memória, pode incluir alguns exercícios mentais em toda a sua rotina diária, como: ao caminhar, nas refeições, no banho ou até mesmo fazendo compras. Como? Aqui vão algumas ideias:

1 - Criar uma lista de compras, ler ao terminar de escrever e após alguns minutos, mas tentar se lembrar de todos os itens ao chegar ao mercado, sem olhar no papel. Isso também pode ser feito com lista de tarefas.

2 - Recorde-se das características físicas e de personalidade de seus amigos e conhecidos.

3 - Tente fazer mentalmente o caminho de ida e volta dos lugares que você frequenta, lembrando-se de dos nomes das ruas, do comércio local e das casas que morem pessoas conhecidas.

4 - Se você gosta de cozinhar, tente se lembrar dos ingredientes e quantidade nas receitas que você já tenha feito alguma vez, sem olhar em seu livro de receitas.

5 - Memorize os preços dos produtos que você costuma comprar em dois ou mais mercados, e faça contas para verificar quanto o produto é mais barato em um local do que em outro.

6 - Aprenda novas habilidades com atividades que sejam bem diferentes do que você faz todos os dias no seu trabalho.

7 - Invente novas maneiras de fazer as mesmas coisas que você precisa fazer todos os dias. Por exemplo: descubra um novo caminho para chegar ao trabalho, escolha uma nova combinação de temperos para a sua refeição, utilize um programa novo no seu computador, use a sua criatividade.

8 - Use a imaginação: Feche os olhos e imagine uma situação agradável, como por exemplo, sentado à mesa saboreando seu prato predileto. Imagine o aroma, a textura, o sabor.

9 - Uma última dica interessante é manter um diário, onde você anota como foi o seu dia, como está se sentindo, seus desabafos, tudo o que sentir vontade. Isso ajuda a manter o cérebro em plena atividade, lembrando-se de tudo que você viveu no dia, além de melhorar o seu lado emocional, pois esta reflexão nos leva a aprender com as experiências.

A leitura ainda é a atividade mais eficiente para aumentar a memoria, pois estimula nosso cérebro, nos levando a imaginar as situações que estão no papel. Outras atividades, como palavras cruzadas ou até mesmo os exercícios que foram citados acima podem ajudar, mas nada substitui a leitura, que deve ser incluída em sua vida, caso ainda não esteja presente. Se estiver difícil, comece com 1 página por dia e vá aumentando conforme for se sentindo confortável.

Ao aprender uma nova informação, se você quiser se lembrar dela, mesmo após muito tempo, é interessante realizar algumas revisões: após alguns minutos, 24 horas, uma semana, um mês e seis meses. Isso vai reforçar as sinapses entre os neurônios que armazenaram essa informação e será mais fácil se lembrar quando precisar.


Como aumentar a memória com hábitos saudáveis 

Alimente-se a cada três horas e consuma alimentos de todos os grupos alimentares, principalmente carboidratos que contém a glicose, única fonte de energia para o cérebro, e proteínas, que são necessárias para a formação de novas conexões entre os neurônios.

Além disso, pratique exercícios físicos, pois eles aumentam o fluxo sanguíneo cerebral, garantindo a chegada dos nutrientes ingeridos nas suas refeições até nossas células nervosas.

Neste artigo nos concentramos somente nas atitudes que ajudam a aumentar a nossa memória. Mas outros fatores também podem interferir nessa capacidade da mente humana, como os alimentos e os remédios. Mas esses são temas para novos artigos. Acompanhe o blog para receber nossas postagens pois esse assunto continua.



Algum de seus amigos pode estar precisando desta informação... Então, lembre-se de compartilhar este artigo com eles!



E você, o que faz para manter a sua mente ativa e aumentar sua memória?